Sporting

Antigo ‘team manager’ dos leões, André Geraldes, fala sobre escândalo de 2018: “Processo Cashball foi uma vergonha”

André Geraldes, antigo team manager do Sporting envolvido no caso Cashball, que remonta a 2018, ainda durante a presidência de Bruno de Carvalho, abordou o tema no podcast Fora de Jogo.

«Quando o Ministério Público parte para uma investigação, deve investigar, e muito bem, indícios. Porque numa fase inicial não se fala de provas, fala-se de indícios. E, por vezes, escondem-se nos tais indícios para fazerem a tal repercussão dos seus processos. Há muita gente a sofrer por isso no nosso país. É dever das entidades competentes fazer o seu trabalho sem mediatismo. E eu sofri um pouco disso», disse o antigo dirigente leonino.

Ainda sobre o caso Cashball – tinha, recorde-se, como base suspeitas de corrupção ativa em jogos de andebol, com alegado favorecimento dos leões, mas também com extensão ao futebol, aqui com possível tentativa de aliciamento a Leandro Freire, central que em 2016/17 passou pelo Chaves, e que entretanto viu os arguidos serem todos absolvidos bem como o Conselho de Disciplina da FPF arquivá-lo –, André Geraldes acrescentou:

«Vá-se lá saber porquê ou com que intenção, alguém que, pelos vistos, tentava abordar jogadores e árbitros de andebol, pelos vistos, segundo um print retirado de um telefone de terceiros, que foi suficiente para fazer aquele circo mediático que foi o processo Cashball. Eu digo que foi uma vergonha porque nunca o Ministério Público, e até hoje, conseguiu provar que eu tivesse enviado uma mensagem a quem quer que fosse, nem que tinham uma escuta minha a pedir o que quer que fosse.»

André Geraldes continuou: «Caiu tudo à primeira, nem sequer conseguiram fazer acusação. Havia muitas pessoas do mundo do futebol que desejavam que o desfecho do processo fosse outro, mas, infelizmente para essas pessoas, não foi.»

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo