Benfica

Benfica: O que vamos fazer com o João Mário?

Um dos temas quentes do momento é a chegada de Roger Schmidt ao Benfica e todas as ideias que o treinador alemão traz consigo. É sabido que para que tudo seja como é suposto, o plantel do Benfica terá de sofrer várias mudanças que nos pode levar a falar até de uma revolução. É aqui que aparece a situação de João Mário.

O médio benfiquista esta época teve um arranque a deixar água na boca mas depois acabou por não passar do primeiro terço do campeonato e um ou outro momento, a espaços. Olhando para aquilo que tem sido o trabalho recente de Roger Schmidt, o treinador alemão também não utiliza um médio com as características do médio internacional português.

Sem dúvida que João Mário é um médio com uma excelente relação com bola e com um nível técnico acima da média. É também certo que raramente a bola não sai redondinha dos pés do médio ex-Sporting. Não é mentira que raramente falha um passe. Mas, é na sua disponibilidade física, raio de ação e reação à perda que João Mário acaba por ficar abaixo daquilo que se calcula que Schmidt procura.

Se olharmos ao PSV e a trabalhos anteriores, o alemão gosta de jogar com 2 médios que funcionam como 6 e 8 ao mesmo tempo. Médios com grande raio de ação e com muita intensidade no momento de reação à perda. Agressividade e fisicamente disponíveis. E João Mário não oferece essas características.

É um jogador difícil de colocar até pelo elevado salário que aufere.

Se com Jorge Jesus, João Mário já jogou como interior direito, com Roger não vai acontecer porque o novo treinador do Benfica gosta de extremos bem declarados. Por isso, caso não saia (e não tem havido notícias nesse sentido), onde poderá jogar João Mário?

Por toda a qualidade técnica que tem ao seu dispor, pela sua leitura de jogo, pela sua capacidade de marcar ritmos de jogos e pela grande capacidade de definição, decisão ou critério, o médio encarnado poderá fazer de Götze. O médio campeão do mundo pela Alemanha e atual médio do PSV Eindoven uma mistura entre um falso avançado e um terceiro médio quase só focado no momento ofensivo da equipa. Mas até aqui acaba por pecar, porque João Mário tem pouco golo comparado com o alemão.

Por todas as razões, que solução para João Mário?

O que você acha sobre a notícia?

Botão Voltar ao topo