Sporting

Caso Rafael Leão: Lille também é responsável pela indemnização

Recorde-se que o avançado do Milan foi condenado a pagar 16,5 milhões de euros de indemnização ao clube de Alvalade

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), com sede na Suíça, decidiu esta segunda-feira que o Lille é responsável solidário no caso da rescisão unilateral de Rafael Leão com o Sporting, em 2018, apurou A BOLA.

Recorde-se que o avançado do Milan foi condenado a pagar 16,5 milhões de euros de indemnização ao clube de Alvalade, por não ter visto reconhecida a justa causa para rescindir, mas também o Lille é agora condenado, uma vez que foi o emblema francês que contratou o atacante após este quebrar o vínculo com os leões.

Rafael Leão, que rescindiu na sequência do ataque à Academia de Alcochete, esteve uma temporada apenas no Lille (2018/2019), transferindo-se no verão seguinte para o Milan por 29,5 milhões de euros.

O TAS já tinha dado razão ao Sporting neste diferendo, com o Tribunal da Relação de Lisboa, em janeiro, a confirmar essa decisão (ver notícia associada). A diferença agora é que Rafael Leão não terá de assumir sozinho o pagamento.

O que você acha sobre a notícia?

Botão Voltar ao topo