FC Porto

Hulk pronto para rumar ao FC Porto

Em entrevista ao jornal “O Jogo”, o avançado confirma ter recebido proposta dos dragões, antes de aceitar convite do Atlético Mineiro. Benfica também apresentou oferta, até melhor do que a recebida no Brasil, mas Hulk rejeitou.

Hulk não risca o cenário de terminar a carreira no FC Porto. Em entrevista ao jornal “O Jogo”, o avançado, que acaba de vencer campeonato e Taça no Brasil, pelo Atlético Mineiro, deixa essa possibilidade em aberto, mas admite que está feliz em Belo Horizonte.

“Deixo sempre o meu futuro nas mãos de Deus. A gente não sabe o amanhã, mas o que posso dizer é que hoje estou feliz no Atlético, onde conquistei este título tão importante. Não posso responder se vou amanhã embora do Atlético, se vou terminar a minha carreira aqui ou se vou voltar ao FC Porto”, diz o jogador de 35 anos.

Antes de assinar pelo Atlético Mineiro, para se estrear no Brasileirão, Hulk recebeu muitas propostas, incluindo do FC Porto e do Benfica.

O avançado admite que esteve “tentado” a aceitar a proposta dos dragões. A do Benfica, apesar de ser “uma proposta muito melhor do que a do Atlético”, recusou-a, porque pela história que tem no Porto “não dava para aceitar”.

“Confesso que fiquei muito balançado em ir para o Porto, porque é um clube que mora no meu coração. Toda a gente sabe que sou portista e vou estar sempre torcendo pelo Porto. O que pesou na minha escolha foi querer estar com os meus filhos. Estive nove meses na China sem os ver, por causa da pandemia, e o que mais queria era estar com eles. Mas, sim, houve conversas com o FC Porto”, confirma.

Hulk esteve quatro épocas completas no FC Porto e ainda iniciou a quinta, mas transferiu-se, logo no início, para o Zenit.

Mundial do Qatar é objetivo

Aos 35 anos, Hulk está num momento alto da carreira. Além dos títulos conquistados, o avançado foi o melhor marcador do Brasileirão, com 19 golos.

Terminou a época com 36 golos e 13 assistências nos 68 jogos em que participou. Marcou nove golos nos últimos sete jogos da época.

 

Números que tornam mais real a possibilidade de voltar a ser chamado à seleção brasileira. E ex-jogador do FC Porto tem o objetivo de ainda estar no Mundial.

“É um sonho, até porque quando estamos a jogar a alto nível almejamos coisas grandes. No próximo ano vou procurar fazer uma grande temporada, para, se tiver oportunidade, desfrutar desse momento”, propõe-se.

Além de estar e conquistar um Campeonato do Mundo, pelo Brasil, Hulk tem ainda o objetivo de conquistar uma Taça Libertadores, troféu que ainda não tem no currículo e que foi vencido pelo Palmeiras, de Abel Ferreira, nas duas últimas edições.

No seu palmarés conta, a partir de 2021, com um Brasileirão e uma Taça do Brasil. Tudo conquistado na época de estreia, ao mais alto nível, no seu país.

Depois de ter vencido títulos em Portugal, na Rússia e na China, de ter vencido uma Liga Europa, pelo FC Porto, e uma Taça das Confederações, o avançado confessa, nesta entrevista ao jornal “O Jogo”, que a conquista do campeonato brasileiro, pelo Atlético Mineiro, “é o mais saboroso” da carreira.

O que você acha sobre a notícia?

Botão Voltar ao topo