Benfica

Jorge Jesus dá pista sobre futuro, fala do futebol brasileiro e admite chance de assumir seleção: ‘Pode acontecer’

Ex-Flamengo e Benfica, Jorge Jesus está livre no mercado desde o fim do ano passado, mas deixou claro que não tem pressa para definir o seu futuro

Livre no mercado desde o fim do ano passado, quando foi demitido do Benfica em sua segunda passagem pelo clube, o técnico Jorge Jesus deu pistas sobre o seu próximo destino. Durante evento da Associação Nacional de Treinadores de Futebol, em Leiria, Portugal, no qual foi homenageado, o Mister ainda falou sobre a possibilidade de comandar alguma seleção no futuro.

Segundo o técnico de 67 anos, ele faz planos, sim, para poder voltar ao futebol português no futuro. Entretanto, neste momento, a sua intenção é comandar um time do exterior, mas sem especificar de qual país ou continente.

 

“Com certeza vou voltar ao futebol português, mas de momento a minha ideia é que a próxima equipe que vou treinar seja de fora de Portugal”, começou por dizer.

 

Jesus também revelou que, desde a demissão do Benfica, recusou todas as propostas que recebeu até o momento. Segundo ele, o seu futuro só começará a ser decidido a partir de maio ou junho, quando termina a atual temporada europeia.

“As propostas de trabalho que tive desde que saí do Benfica foram analisadas e rejeitadas porque só quero pensar nisso a partir de maio ou junho”, prosseguiu.

Ainda sobre o se futuro, o treinador ainda foi questionado se ainda pensa em assumir o comando de alguma seleção nacional. E, como de praxe, Jesus foi bastante sincero na sua resposta.

“No futuro, talvez isso possa acontecer (treinar uma seleção), mas poucas seleções têm a possibilidade de eu querer trabalhar nelas”, disse.

Por último, JJ ainda foi questionado sobre a atuação dos técnicos portugueses fora do seu país e lembrou da sua passagem pelo Brasil, sob o comando do Flamengo. Segundo Jesus, ele foi pioneiro para que seus demais compatriotas, que hoje trabalham no futebol brasileiro, também pudessem ter sucesso.

“Os nossos treinadores são muito procurados fora de Portugal e talvez é difícil fazerem tantos jogos como eu fiz… O reconhecimento da qualidade do treinador português não aconteceu só no Brasil, mas um pouco por todo o mundo. É verdade que no Brasil, fui o primeiro português a ter destaque. Agora temos três ou quatro e isso me orgulhoso, porque acho que é um mercado bom para o treinador português”, finalizou

2 Comentários

  1. Tem. Juízo. Alguma. Vez. Tens. Catoguria para seres selecionador. Nacional….
    Estás sempre. A. Fazer. Aos. Lugares ….
    Tem. Juízo …
    Vai. Passear. O. Cão na praia…

O que você acha sobre a notícia?

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: