Notícias

Mourinho muito crítico: «Isto já não é futebol, tem de mudar de nome»

Treinador agastado com o árbitro Rosario Abisso no final do empate frente ao Génova

José Mourinho não escondeu o desagrado com a exibição do árbitro no empate da Roma na receção ao Génova, em jogo da 24.ª jornada da Serie A.

Os romanos marcaram aos 90 minutos, por Zaniolo, mas o VAR anulou o golo devido a uma falta de Abraham. Zaniolo não gostou da decisão e foi expulso por protestos. No final da partida, o técnico português foi a voz da contestação da equipa da capital italiana à arbitragem de Rosario Abisso.

«Não quero comentar nem o golo anulado nem o vermelho [de Zaniolo]. Não quero julgar isso porque levaria tempo. Mas quero dizer uma coisa: se o árbitro decidiu bem, então o nosso jogo, o jogo que se tornou o jogo do povo há muitos anos, o jogo que apaixonou o mundo, mudou. O futebol outro desporto. Se aquilo é falta, o jogo não é o mesmo. Não é futebol, temos de encontrar outro nome, é outro desporto», afirmou, à DAZN.

«Mas se o árbitro errou, ele vai ser o primeiro a arrepender-se. Mas para nós é um déjà vu, porque já nos aconteceu muitas vezes esta época. A Roma é pequena aos olhos do poder», continuou.

Na sala de imprensa, Mourinho voltou a falar sobre o tema: «Acham que o Zaniolo seria expulso se jogasse no Inter, na Juventus ou no Milan? Ele apenas perguntou ao Abisso três vezes ‘O que raio apitaste?’. Isto nunca teria acontecido ao Lautaro Martínez, ao Chiellini ou ao Ibrahimovic nos seus estádios. Somos pequeninos.»

O que você acha sobre a notícia?

Botão Voltar ao topo