Benfica

Pinto da Costa goza com o Benfica: “Quando se falou do Gotze foi uma caixa de comprimidos para me acalmar…”

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, concedeu uma entrevista ao Porto Canal na qual foi questionado sobre a forma como os rivais estão a reforçar-se e se isso o deixa preocupado.

«Fico muito preocupado e até ando a tomar uns calmantes. Quando se falou do Gotze foi uma caixa de comprimidos para me acalmar mas depois parei porque afinal não veio. Estou a brincar, não, não ando nada preocupado…»

Falou em seguida das dificuldades dos clubes portugueses: «Todos os clubes portugueses têm necessidade de vender, não é só o FC Porto. Porque estamos em clara desvantagem ao pagar muito mais de impostos. E assim a qualidade do futebol português cada vez vai baixar mais. Nós no ano passado pagámos 50 milhões de impostos ao Estado”

“Sim, tivemos de vender o Vitinha, mas o Benfica teve de vender o Bola de Prata e considerado melhor jogador do torneio, o Sporting o Palhinha e não conseguiu segurar o Sarabia. Todos venderam jogadores influentes, se calhar até mais o Benfica. Temos de tentar colmatar da melhor forma as saídas e olhar para a formação. E já se sabe que quem vem para o FC Porto é fraco e os que chegam para os outros são todos bons. É marketing, fanatismo e facciosismo, o que conta é dentro do campo.»

O que você acha sobre a notícia?

Botão Voltar ao topo